Gosta de nosso site?

Bom galera agora é sua vez de ajudar o site ,
estamos buscando uma melhor posição no ranking Central
Blogs , não terá premiação mais será muito importante
para ficarmos entre os primeiros, gostaria de fazer
este humilde pedido que não ira gastar nem 1 minutos
do seu tempo , votar é facil e super rápido...

Contamos com o voto de todos!


1 2 3 4 5

Você pode conversar com o BluDown aqui.

domingo, 5 de dezembro de 2010

Download Nanny McPhee – A Babá Encantada R5 AVI Dual Audio


Muitas cores, cenários que chamam a atenção e alguns personagens fantásticos são os atributos dessa produção que lembra, de certa forma, o clássico Mary Poppins. Com um elenco de peso que incliu Emma Thompson (de Adaptação) no papel da babá encantada Nanny McPhee e Colin Firth (de Simplesmente Amor), a produção tem um clima leve que mistura comédia e fantasia, capaz de agradar tanto crianças quanto adultos que topam um entretenimento mais ingênuo. Firth é Mr. Brown, um pai viúvo que está em dificuldades para encontrar uma babá para cuidar de seus sete filhos. Seus filhos são uns pestinhas que conseguem expulsar todas as mulheres que vão trabalhar em sua casa. É quando aparece Nanny, uma babá que tem tudo para dar certo já que ela possui alguns poderes encantados capaz de dar um jeito nessa complicada situação. A coisa piora ainda depois que a tia que sustenta a casa exige que Mr. Brown se case em um mês, caso contrário ele ficará cheio de dívidas. Os poderes da babá que ele encontra vão muito além do simples cuidado com as crianças, e ele vai descobrir que ela também pode ajudá-lo muito nessa complicada tarefa.

Título Original: Nanny McPhee
Gênero: Comédia / Infantiel / Fantasia
Tempo de Duração: 97 min
Ano de Lançamento: 2010
Tamanho: 795 Mb
Qualidade: R5
Formato: AVI
Qualidade de Áudio: 09
Qualidade de Vídeo: 10
Idioma: Português / Inglês
Legenda: S/L
Servidor: Megaupload


AVI Dual Audio











BAIXOU, ASSISTIU, por favor comente, isso ajuda
os usuários e o site.

Link quebrado? Clique AQUI para resolver isso agora.

Comentários: